CENTRO DE EXCELÊNCIA INTERNATION CENTER OS EXCELLENCE
Tel: (21) 2295-5731
Rua Paulo Barreto, 73
Botafogo - RJ


Calcule seu IMC

Saiba seu índice de massa corporal e, de acordo com o resultado, quais providências ideais deverá tomar.
kg
cm
Ação social Obesidade sem marcas - Cirurgia menos invasiva
Compartilhar esta página:

Riscos

É preciso considerar que toda cirurgia tem risco e a de obesidade não é diferente. Sempre que consideramos realizar um procedimento cirúrgico é preciso avaliar os riscos e os benefícios deste procedimento. O risco de morte de uma cirurgia de obesidade é o mesmo de qualquer operação de grande porte: em torno de 0,5%, (um óbito a cada 200 cirurgias). O risco existe e deve ser considerado.

Por vezes a mortalidade é precedida de re-operações com longos períodos de internação na UTI (unidade de terapia intensiva), o que gera sofrimento e pesar para todos.

Apesar de alertarmos para esta possibilidade observamos que diante de uma complicação raro é o paciente ou familiar que entende e está pronto para enfrentá-la, por isso a decisão de realizar a cirurgia deve ser feita de maneira ponderada, pensada e em acordo com todos os membros da família, que devem estar cientes dos riscos de mortalidade e complicações.

A cirurgia de obesidade não é um procedimento estético, ela tem como objetivo tratar uma doença e reduzir a mortalidade em razão das comorbidades associadas.

Estatisticamente o índice de mortalidade entre os NÃO OPERADOS foi 1420% maior que o índice de mortalidade ocorrido em nossa série.


As principais causas de mortalidade são:

- Deiscência - Abertura de um ponto nas suturas do estômago ou intestino, levando à saída de líquido para a cavidade abdominal, causando peritonite e septicemia (infecção generalizada). Isto pode levar o paciente a uma nova cirurgia, para reparar esta abertura, mas mesmo assim pode causar a morte.
- Embolia pulmonar (sangue coagulado nos pulmões) - "Entupimento" de uma ou várias artérias que irrigam o pulmão e que, algumas vezes, podem levar o paciente à morte por insuficiência respiratória.
- Outras causas (menos comuns): insuficiência respiratória, infarto do miocárdio, insuficiência renal e hemorragias também podem levar o paciente à morte.

Nossa equipe entende que a cirurgia é um procedimento que deve ser bem indicado. Por isso, parentes, familiares e pacientes devem participar do processo desde o início, informando-se durante as consultas e as palestras que disponibilizamos.


IFV nas redes sociais:

     
Copyright © Todos os direitos reservados ao Instituto de Cirurgia do Aparelho Digestivo e da Obesidade | Desenvolvido por 3dweb.com.br